quarta-feira, 19 de maio de 2010


O mimetismo na propaganda
ou o "Goiano Verde" que não comeu Césio.

Mimetismo. A primeira vez que ouvi essa palavra foi em uma longínqua aula de BIOLOGIA no 2º grau. À época estudava no temível Colegio Marista, uma espécie de Gulag de Joseph Stálin administrado por padres católicos, todos eles com cara de rematados pedófilos. Aprendi então que o mimetismo é a capacidade que têm certos animais e plantas de adaptar-se à cor do ambiente ou de outros seres ou objetos, para passarem despercebidos de seus inimigos ou vítimas. Na aula foram exibidos diversos slides de mariposas, sapos, pererecas, lagartixas e insetos que recorriam a este engenhoso artifício pra tornarem-se completamente invisíveis. Fiquei fascinada pelo assunto. Qual não foi minha surpresa ao deparar casualmente com essa obra-prima às avessas lá de Goiânia que trata justamente do tal tema que tanto me instigou no passado? Pra divulgar os investimentos feitos na preservação ambiental e na recuperação de parques e bosques da cidade, a Prefeitura Goiana soltou esta adorável pérola publicitária ecológica. O título meio vago "Goiânia vive o verde" segue uma métrica meio cretina tipo: vovô viu a vulva, vocês não acham? Mas curioso mesmo é o animal que aparece no anúncio e certamente assombraria Charles Darwin. Trata-se do feio e raro Goianius Camaleonicus, típico representante da fauna urbana que habita áreas verdes de Goiânia. Goianius é um bípede ( ou quadrúpede?) corredor bastante mal encarado, desengonçado, lento, e roliço cuja "camuflagem vegetal" tosca não se mistura muito bem ao ambiente. E o "istaile" do Goianius Camaleonicus? NossaSenhoradaBadia!!!! Os tênis são um nojo total e as meias são... são... aaaaaaargh! cinzas!!!! Correr de meias cinzas é um desastre fashion só comparável a calçar mocassim de franjinhas ou usar pochete ( o melhor contraceptivo do planeta, hehehe ). Não dá! O anúncio é infantilmente executado e mal pensado. Gentes, publicitários incompetentes goianos deviam fazer o que o Goianius não conseguiu: desaparecer por completo.

15 comentários:

B.D disse...

ashuahsua eu ri foi muito desse post.

asausahsuah

vovô viu a vulva...hausa
total.

e do que será q esse ser está se camuflando heim?!?!

Clayton disse...

Débora Delícia Blog,

Que porra de anúncio é esse? Caralho prefiro esconder minha opinião. Propaganda merda realmente não passa desapercebida, ainda mais no seu blogzinho lindo :)

bjomelambe

Diego Arelano disse...

uhauauahua
sensacional

aonde arrumaram esse modelão maroto?
espécie rara mesmo!

Georgia disse...

E as meias são.....arghhhhh, cinza!!!!!!!
Rsssssssss, chama a Gloria Khalil que o caso é de vida ou morte, e aproveita e chama também o alô, alô W Brasil!
Sim, porque tirando um errinho ou outro que o Olivetto comete, geralmente, ele tem efeito midas na publicidade. O que toca vira ouro...
Goianius Camaleonicus me lembrou o finado Mussum. E o vovô viu a vulva me lembrou os áureos tempos de infância onde esse tipo de aliteração tinha o seu perfil cômico.
Enfim, estou muito satisfeita em ter desistido de seguir a carreira de publicidade na década passada, e ter posteriormente, optado pela geografia.
Esse mundo não é pra mim.

Deb, aproveita e faz a cortesia de entrar no meu blog também.

www.camadefaquir.blogspot.com

É pobre mas é limpinho.

Bjuuuu

A CRIANÇA CHOCADA!!! disse...

Puta que pariu minha sogra!!! Caralhos me foram!!! Vão se fuder!!!! Botaram uma caralha de um gordinho cintura de quibe de meia cinza e de ténis escroto com uma photoshopada estilo lambança de porco e chamaram essa escrotidão de anùncio!!! Mas isso é uma merda inaceitável!!! Se eu fosse o chefe dessa dupla de faxineiros (na boa, só pode ser....) que entrou de noite na criação e cagou esse lixo de anùncio de curtição, eu comeria a mãe dos dois na frente deles e ficaria berrando pros dois jumentinhos, entre uma pirocada e outra:" VÃO FAZER CONCURSO PRA ESCRITURÁRIO, SEUS FILHAS DE UMA PUTA!!!"
Que merrrrrrda de anùncio!!! Como eu sempre digo: errar é humano ( mas comer césio, é só goiano!!!)

Gabriel Faro disse...

eca!

Naja Najito disse...

Debora, quanto mais leio seus textos, mais viro seu fã. Desculpe se não entendo muito de publicidade, mas devo confessar que o que mais me atrai nesse espaço é a forma esplendorosa como você constrói suas argumentações. Você poderia ser escritora. Sério.

Achei muito engraçada essa história do carinha da propaganda usar uma camiseta (photoshopada?) como as árvores. Ficou meio bizarro, hein. Caracas, até eu que não entendo de moda, achei esquisito. Sem falar que o gancho do anúncio (o lance do mimetismo) é muito esquisito, mesmo.

Parabéns mais uma vez.

abs.

Naja Najito disse...

A propósto, adorei o comentário da Criança Chocada (não era malvada?). Muito criativo também. Acho que vocês duas (débora e criança) poderiam fazer uma bela dupla de criação na publicidade - ou, pelo menos, em textos humorísticos que esculhambam esses tipos de absurdo no mundo da propaganda.

abs.

A luz... disse...

(Débora, só passei aqui pq vc nao ta atendendo o celular. Me liga, preciso te devolver aquilo logo, tá fedendo já. Urgente, bj)

Eu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu disse...

Gente! Que isso?!, vcs nao entenderam o anuncio. Aliás, ninguem entendeu, eu também não! kkkkkk
Melhor (no sentido de PIOR) que o homem invisivel é o BOX de texto com moldura de CLIPART e fora do tom. NOTA 10! Numa escala de 0 a 100.000.

a revisora disse...

gente, que diabos é esse goiano verde correndo? e a cara de RETARDADO dele? hauehuahuehauhea

A luz... disse...

Eu quero fazer amor com a revisora

Rodrigo Resende disse...

Como goiano - peraí, como goiano não, porque soa gay ou, nesse caso, soa herbívoro - como um autêntico publicitário goiano que sou (e que graças a Nossa Senhora da Abadia não aprendeu a fazer propaganda por lá) venho parabenizar o blog pela bela crítica e pelo ótimo uso da expressão NossaSenhoradaBadia. Genial.

Anônimo disse...

...Goiano"corredor bastante mal encarado, desengonçado, lento etc" putzzz vai ver qeu os publicitários daí são "bemmmm" melhores,né? Mas com o nosso gadinho e toda nossa falta de gosto p vestir, PAGAMOS p esses burros de carga de Brasília fazer melhor