quinta-feira, 27 de maio de 2010


Comercial Mato Grosseiro de Mato Grosso


Senhoras e senhores, mesdames e messieurs, atendendo a inúmeros apelos desesperados vindos de todas as partes da Terra, nosso blog, orgulhosamente, passará a exibir além do costumeiro lixo gráfico, chorume eletrônico, ou seja: comerciais de TV bastante abaixo da média. Nosso début é um "genial" filme que nos foi enviado por um admirador residente no próspero, pujante e moderno estado do Mato Grosso. Uêêêbbbaaaa!! Olha Mato Grosso aprontando de novo aqui no blog.

O comercial é um descomunal atentado contra a inteligência humana e um achincalhe a nós, mulheres. As chocantes cenas iniciais mostram em close a bunda de uma piriguete rebolando enquanto uma trilha cretina feita em um sintetizador barato evolui. Segundos mais tarde, o locutor vomita a inacreditável frase: Se já é bom de olhar, imagina pegar. Daí uma mão masculina aparece do nada e agarra selvagemente a nádega da brega. Após o ataque temos uma janela de ofertas em que calças jeans horrorosas de inacreditáveis R$ 39 são apresentadas. Fechamos o repulsivo filme de horror com o rosto do suposto agressor segundos depois de ter sido estapeado pela mocinha. Convenhamos, comparado a esse constrangedor monturo de esterco mato-grossense, nossos comerciais sexistas de cerveja povoado de gostosas de biquini são de uma elegância britânica. O filme revela com clareza assustadora o grau de embotamento e obtusidade mental dos babuínos envolvidos no processo de criação e aprovação do mesmo. Por incitar o machismo, o preconceito, o desrespeito e a violência contra a mulher os neandertais responsáveis deveriam ser enquadrados de forma exemplar pelo CONAR, o Ministério Público ou a Delegacia da Mulher. É inaceitável que se tratem mulheres assim em qualquer lugar. Como é possível que gente desse calibre consiga espaço no mercado? Ah, esqueci que moramos no país onde o troglodita Dourado leva o Big Brother com mais de 90 milhões de votos e universitários paulistas da Unitaleban quase lincharam a tal da Geisy Arruda por conta de um inocente vestidinho rosa... Viva nóis!!

37 comentários:

Clayton disse...

Deby,

Essa bunda é sua? Não acredito que vc emprestou esse néctar dos deuses pra um bando de idiota do inferno!

Mais tarde te ligo pra gente tomar banho de piscina, adorei a noite de ontem.

bjomelambe

Adevogado disse...

Maravilha de filme hein? bem no nivel dos debiloides que compram nessa loja de merda! morram todos vocês que aceitam isso como publicidade! e Morram todos vocês que riram vendo isso! é pra se chorar de vergonha que um profissional tenha feito isso!

a revisora disse...

MELDELS! Misericórdia! Que DIABOS é isso?
E esse biquinho maroto que o garotão pegador de bundas faz no final?
A parada é tão bizarra que é dificil acreditar que eles se levam a sério. Aliás, alguém leva a sério essas roupas de feira por R$ 39?

Luiz Kiss disse...

caraca...por isso que esse blog é sensacional! tem que garimpar muito pra achar uma pérola dessa! Ou não. Tem tanta coisa ruim no mercado publicitário por aí, que vocês vão tem que criar um outro blog pra colocar trabalhos decentes.

Georgia disse...

Para tudo, puxa a cordinha que eu quero descer!
Nem nos comerciais promovidos pelo meu técnico em publicidade e propaganda formado por adolescentes perdidos em meio ao tiroteio hormonal, eu vi coisa tão ruim! Exceto os que se propunham em fazer coisas escabrosas só para proporcionar aos colegas risadas intermináveis nos interstícios de aula.
O que mais me impressiona, é que as calças jeans do comercial são aparentemente femininas...E eu me pergunto. Eles querem chamar a atenção do público feminino por meio daquela apalpadela generosa do cavalheiro? Isso me traz duas conclusões:
opção a) Os donos do empreendimento acham que mulheres gostam desse assédio masculino
opção b) Os donos do empreendimento acham que as mulheres gostam de esbofetear homens na rua.

É por essas e outras que faço Geografia.
Publicidade é uó!

Georgia disse...

Deb, I love you!!!!

Diretor de arte da peça! disse...

Gente. Desculpa, mas esse blog é muito ruim. Como é que um blog escroto e feio como esse se presta ao papel de criticar a qualidade dos trabalhos dos outros. Vai te catar ô Débora! Nunca vi seu nome em nenhum anunário ou em nenhum festival.

Cumeu-e-num-pagou disse...

R$ 39,90 deve ser o preço que pagaram por essa idéia asquerosa! Tá no preço.

Diretor de arte da peça! disse...

Cala a boca "Comeu-e-num-pagou"! Queria ver gente como você criando para empresas de verdade, seu babaca. Aposto que vc nunca ganhou nenhum prêmio nessa vida

Vai ver se você compra um colunistas com R$ 39,90. Eu, que trabalho no mundo real, com cliente de verdade, já conquistei o meu. Quando você chegar lá vem falar alguma coisa, do contrário limite-se ao seu mundinho.

Georgia disse...

Eu acho que você "diretor de arte da peça", deveria pegar seu banquinho e sair de fininho.

Se a ruindade descrita nesse excelente blog te ofende, é porque seu trabalho deve estar no mesmo nível horrorshow!

Não gostou? Ali em cima, à direita meu filho, três quadradinhos...O que tem um x te tira dessa página.

Os incomodados que mudem de http!

Georgia disse...

Deb, ignora! Esse blog é um luxo!

A luz... disse...

Diretor de arte da peça, vc nunca viu o nome da nossa famosa Account British Exchanger ? Procure direito! Qualquer coisa, pergunte ao Olivetto. E o comercial eh uma das piores coisas do planeta. Alias, achei legal ver filme por aqui no blog, deu uma variada boa... quando virao os spots que sao "musica" para nossos ouvidos?

Marco disse...

Gostei muito do blog, e com todo respeito ao diretor de criação da peça, ela é realmente ruim!

Só como sugestão a blogueira no comando: diminua os textos, as peças quase falam por si mesmas na qualidade, e pelo menos eu gostaria de saber apenas informações básicas da peça como quem fez ou pra quê fez.

Cumeu-e-num-pagou disse...

Ei, diretor de arte da peça! Quer dizer que você ganhou um COLUNISTAS... Marcelo Serpa e Fábio Fernandes que se cuidem. Tem um gênio na área. Merece um tapinha nas costas (ou prefere na bunda?)

Diretor de arte da peça! disse...

Meu amigo, o Marcelo Cerpa pode até não gostar , o que eu duvido muito, porque não é qualquer porcaria que ganha um colunistas, ok? Mas pelo menos ele vai ver o meu trabaho em algum lugar. E o seu? Onde está? Vai mostrar os comentários que você posta nesse blog? É essa a sua pasta?! Vou te dizer uma coisa. Nem colunistas ela ganha.

Vai criar peça fantasma, quem sabe um dia você estará aqui mostrando a pasta pra mim. Quem sabe um dia você vai poder criar trabalhos "ruins" como esse vídeo. E quem sabe um dia você pode concorrer a um colunistas com algo que foi realmente veiculado, aprovado e elogiado pelo cliente.

Todos vocês que ficam postando nesse blog e comentando, são gente de mentira falando mal de trabalhos de verdade.

A minha pasta está aqui: www.casadideias.com.br. Somos uma agência nacional, com escritórios no Mato Grosso e em Brasília.

Onde está a de vocês?

Clayton disse...

Relmente é uma piada essa peça! Dá pra levar a sério alguém que escreve Marcelo Cerpa? Se mata.

Parabéns pelo prêmio Humoristas aí Diretor de Arte desse lixo. Aliás, acho que vc podia mudar de área.. pq não faz programas de humor? Com certeza vc vai ganhar mta grana!

E por favor, tira esse titulo de diretor de arte. Essa merda de trabalho como sua pasta é uma vergonha pra propaganda. Tenta vender doce no sinal, brincar de bolinha de gude, sei lá. Deixa a propaganda pra quem entende.

Pasmo disse...

Realmente inacreditável.

Como é possível alguem sentir orgulho por um vídeo desses?
E daí que vc tem uma pasta, e daí que vc é um "diretor de arte", e daí que os outros não tem trabalhos veiculados? A única coisa em que diretores de arte desse nível são bons, é em achar pessoas que gostam de lixo.
E concordo com o cumeu-e-num-pagou a produção disso ae não deve ter passado de R$39,90, aliás o ator que leva o tapa na cara deve ser algum volutário, acertei? Tosco d+

Se for pra ganhar premio, ser elogiado, e "criar trabalhos "ruins" como esse vídeo", prefiro vender cachorro-quente.

Adevogado disse...

Meu JESUISSSS! Vai caga no mato ai esse diretor de arte da peça! vem me falar de prêmio?

http://www.casadideias.com.br/blog/premios/

É disso ai que você se orgulha? ta explicado a porcaria do filme Bunda da Bluemoon! Se nivelar por baixo e baixar os padrões de criatividade, idéia e qualidade não fazem essa peças ser boa e muito menos se o cliente gostou! ela continua sendo ruim! Com idéia rasteira e mal produzida!
A discussão aqui amigo não é qual portifolio é melhor! e sim de peças ruins! e a sua entrou facil no blog!
Quer continuar a achar esse filme bom? maravilha para os leitores do blog porque sempre teremos material para postar aqui!

Rei do Gado disse...

Caralho de asa de anúncio! O filho da puta q botou o cú pra pensar e cagou uma merda dessa, merece recortar foto do saco de ator pornô gay o resto da vida ou fazer inseminação artificial, enfiando a mão no cu da mãe pra vê se sai alguma coisa q preste da barriga dessa escrota q colocou esse aborto de coruja no mundo.

Fico puto c essas porra.

Naja Najito disse...

Carai, véi. Que mer** de comercial é essa. Com o perdão da palavra, é das maiores porcarias que já vi. Cheguei a sentir saudades dos velhos anúncios televisivos da FOFI e da Bibabô, que eram veiculados nos anos 80 aqui em Brasília. Obviamente, a única coisa que presta nesse comercial é a avantajada bunda da atriz que se prestou a fazer esse comercial - apostaria que é Raimunda. De qualquer forma, o lado sexista da propaganda tira até o tesão.
Aê, Débora, mandou bem no texto. Achei maneiro o fato de ser um vídeo, também.

bjs.

Diretor de arte da peça! disse...

Não dá pra discutir com quem não entende de vanguarda. Vocês tem que ler mais, estudar os anuários, os sites... Parece que nunca viram esse estilo de propaganda, tipo a do gorila tocando bateria... Isso, meus amigos, é propaganda "new school".

Boa sorte, espero que nunca veja a pasta de alguém daqui. Em Mato Grosso e em Brasília algumas portas estão fechadas para vocês.

Diretor de arte da peça! disse...

Estive agora numa reunião com o Alex Bogusky (broder Lêlê) e ele ficou enciumado com este filme. Disse que queria ter feito. E agora? O que vocês têm pra me dizer?

debora blog disse...

Querido Diretor de arte da peça, vc só pode ter drogado o Alex, né?

Uhuuuuuuuu!!!!

Guilherme Pereira disse...

Como se diz na minha terra, CUiabá, esse filme é expetaCUlar.

Anônimo disse...

Diretor da peça,
Achei ruim não...
Mas o tapa foi montagem ou rolou mesmo?

Anônimo disse...

Esse Diretor de arte da peça é FAKE ta so dando corda pra aumentar o bate boca! Falta do que fazer hein seu bunda suja!

Cumeu-e-num-pagou disse...

O diretor de arte da peça só pode ser fake mesmo! E digo mais, é algum ex-funcionário dessa www.CasaDIdeias.com.br querendo queimar o filme da agência. Só acreditando nisso pra ver alguém se expor com uma merda dessas aqui.

Georgia disse...

ô diretor de arte da peça, faz o seguinte, lança logo essas tuas propagandas para que a gente dê bastante risada aqui no blog, após a genial Deb baixar o sarrafo nelas...

tks!

Mangaká Taís disse...

òia, não é que ela seguiu o que eu sugeri? *_________* mas eu sei, não devo ter sido a primeira a pedir isso =P

A CRIANÇA MALVADA!!! disse...

Em nome de um saneamento mais do que necessário na bosta da Publicidade brasileira atual, se essa escabrosidade de vt aí acima fosse defecado na minha agência, eu ia perpetrar a seguinte seqüência de ações, deveras importantes para evitar novas escabrosidades como esse anúncio aí, único e supino em seu sólido e assustador cociente de cretinice:

1º - Ia ligar para a mãe do redator desse lixo fedorento de anúncio e ia dizer que eu ia demitir o filhinho dela por causa dessa idéia inaceitável que o jumento teve e que só não faria isso se ela concordasse em dar pra mim de quatro, na frente da agência toda, fantasiada de Cheerleader (pó, moçada, eu também tenho minhas fantasias, né?)

2º - Ia amarrar o filhinho dela, "gênio da publicidade mato-grossense", numa cadeira e ia tacar uma silver tape na fuça do mongolóide e ia obrigar ele assistir o ato sexual entre eu a mãezinha dele para ele aprender a não pensar mais em merdas de anúncios como esse para vender calça jeans vagabunda.


3º - Depois ia parar a agência toda pra assistir aquele ato de sacrifício educativo de minha nobre parte.


4º - Pra minha sorte a mãe do fudido da cabeça é uma coroa gostosa daquelas que foi praticamente criada e “educada” em academias de ginásticas e deu pouca atenção e principalmente porrada no idiota do filho, o qual eu erroneamente contratei pensado que ele fosse um criador decente e não um babuíno (boa , Débora!) anormal, capaz de conceber uma idéia escabrosa que nem essa desse vt.

(CONTINUA)

A CRIANÇA MALVADA!!! disse...

5º - O miserável está lá sentadinho, todo amarradinho na cadeira agora, chorando feito um bebê, com cara de arrependido por ter pensado que seria normal e aceitável cagar um anúncio de calça jeans onde uma cara taca a mão na bunda de uma transeunte no meio da rua. Será agora exemplado pra deixar de ser tão obtuso e imbecil (mas sei que ele vai continuar assim, o animal...)

6 º - A mãe do infeliz está de quatro no salão da agência e não parece estar nem um pouco chateada com a situação que o acéfalo do filho a deixou e sim até animada com a possibilidade iminente de conluio sexual com um estranho pois ela se separou há um bom tempo do troglodita do pai do redator imbecil por aquele ser burro demais, carga genética que, agora, vemos claramente que o mendigo mental do filho herdou em 100%.


7º – E eu lá, de camisa social abotoada até os punhos, gravata pendurada na minha enorme barriga e com as calças arriadas até o chão e já de pênis deveras ereto, no meio da agência com todo mundo olhando, em nome da moral e bons costumes da Publicidade brasileira e pronto para exemplar mais um animal que acha que fazer anúncios onde uma cara mete a mão na bunda uma mulher na rua para vender calças jeans de terceira categoria seria uma boa idéia.


8º - O imbecil do redatorzinho-escória está chorando e se contorcendo preso à cadeira enquanto eu começo a levantar a sainha da mãe dele aos poucos. Para minha agradável surpresa, vejo uma estrutura rabial muito bem torneada e de ótimas proporções e consistência, tal qual a que aparece no famigerado anúncio. A mãe do idiotinha olha para trás faz uma expressão de curiosidade animada. Eu, gentilmente, berro pro suíno do filho dela, que teve essa idéia miserável: “COMO É QUE VOCÊ PENSOU NUM ANÚNCIO ASSIM, SEU JUMENTO??? PUTA QUE ME PARIU? VOCÊ QUER ME FUDER, SEU ARROMBADO? QUER FUDER A MINHA AGÊNCIA? QUER FUDER MAIS AINDA A FAMOSA PUBLICIDADE DE MERDA DAQUI DO MATO GROSSO, SEU PEDERASTA INÚTIL?”

9º- O demente resmunga algo parecido como: “Ô ú, ão! Ô ú ão, ôô aaaaôô!” Alguém do publico coxixa: “Nossa, ele ta dizendo: “No cu não, no cu não, por favor!”


10º - Eu respondo educadamente: “CALA ESSA LATRINA IMUNDO, SEU FILHO DA PUTA!”

(CONTINUA)

A CRIANÇA MALVADA!!! disse...

11º - A mãe Do jovem demente olha pra mim com uma expressão de “tudo bem” e grita pra ratazana do filho: “CALA A BOCA, IURI ANDREY!!! DEIXA SEU CHEFE FAZER O QUE ELE QUISER, SEU MULEQUE!! EU VOU TIRAR SEU VIDEOGAME, VIU, SEU FUDIDO?”

12º - Eu sussurro pra ela: “Desculpe, senhora, não quis, de jeito nenhum, ofendê-la, mas é que o cavalo do seu filho escreveu uma porra de anúncio tão ruim, mas tão ruim aqui, sabe?

13º - Eu me dirijo graciosamente ao jovem publicitário tresloucado todo amarradinho: “TÁ VENDO ESSE RABÃO DELICIOSO AQUI, SEU LASCADO? TÁ VENDO? OLHA SÓ:

14º - Taco a mão certa força na mui graciosa rabiola da mãe dele, o que deixa uma marca de vermelhidão na mesma, mas sem machucar a gentil senhora.

15º - O burrico pula a fica desesperado na cadeira.

16º - E continuo meu suave diálogo com o inseto: “TÁ VENDO, SEU ESCROTO? ACHOU LEGAL UMA MÃO NA BUNDA AGORA? ACHOU LEGAL, SEU MERDA? TÁ ACHANDO LEGAL AGORA ESSA IDÉIA MISERÁVEL QUE VC TEVE, SUA RATAZANA? METER A MÃO NA BUNDA DA SUA MÃE VOCÊ NÃO GOSTA, NÉ, SEU LIXO HUMANO???

17º - A mãe se vira e fala baixinho pra mim: “Eu tô!”, após dar uma piscadinha pra mim.

18º - E, tal qual um pai zeloso, aconselho carinhosamente o arremedo de publicitário: “VOCÊ VAI FAZER CONCURSO PRA GARI, NÃO VAI?”

19º – O cérebro de tainha balança a cabeça em prantos, coisa que eu interpreto como uma ação negativa. Vendo isso: eu comento: “O QUÊ? NÃO VAI LARGAR DE SER PUBLICITÁRIO??? AAAAAH, NÃO!! ENTÃO...”

20º - Posto isso, pego delicadamente em minha jeba em riste e introduzo-a gentilmente a minha grande glande (desculpem o trocadilho: mania equivocada de publicitário...) na generosa vagina da mãe do inseto abjeto. A mãe sorri e geme de prazer. O filho se contorce tanto ne cadeira, que ambos comçam a pular de um lado párea o outro para risos da audiência.

(CONTINUA)

A CRIANÇA MALVADA!!! disse...

21º - Eu converso educadamente com o quadrúpede: “TÁ VENDO PORQUE EU TÔ TENDO QUE CARCAR SUA MÃEZINHA AQUI NA FRENTE DE TODO MUNDO, SEU MISERÁVEL?? ISSO DÓI MAIS EM MIM DO QUE EM VOCÊ, MEU FILHO, MAS TENHO QUE FAZER ISSO PRA EVITAR QUE ACÉFALOS DA SUA LAIA CONTINUEM COMENTENDO ANÚNCIOS HORROROSOS COMO ESSE E AINDA FIQUEM ACHANDO QUE SÃO O WASHINGTON OLIVETTO, SEU IDIOTA!!!”

22º - O redator de porta de agência se desespera tanto que ele e cadeira caem no chão. Ele começa a chorar mais ainda.

23º – Continuo meu nobre discurso: “SÓ ENFIEI A CABECINHA, SEU MERDSA, MAS COMO TODOS SABEMOS QUE PAU NÃO TEM OMBRO VOU TER QUE ENFIAR O PAU TODO ATÉ O TALO POR CAUSA DESSE EQUÍVOCO EM FORMA DE VT QUE VC EXPURGOU DESSE TOLETE DE COCÔ DE CACHORRO QUE VC TEM NO LUGAR DO CÉREBRO, SEU DESGRAÇADO!”

24º – Dito isso, perpetro o ato sexual com a mãe-cheerleader do José Ruela da publicidade matrogrossense que acha que tacar mão no rabo dos outros vende calça jeans. E assim passam 25 minutos. Perto de ejacular, retenho esse meu volumoso ímpeto natural fluídico, desencaixo minha delicada estrovenga de 24 centímetros da agradável mãe do noviço acretinado e, com o meu enorme membro na mão esquerda, rapidamente me dirijo ao jovem energúmeno que jaz no chão com uma enorme expressão de desespero, frustração e vergonha. Retiro rapidamente ao silver-tape do focinho do pulha e pergunto a ele, de um modo assaz delicado:

25º - “VOCÊ VAI FAZER CONCURSO PRA CARTEIRO, SEU IMBECIL?VOCÊ VAI LARGAR A PUBLICIDADE PARA SEMPRE, NÉ, SEU QUADRÚPEDE?”

26º – Antes que ele possa responder, ejaculo generosamente mais ou menos 750 ml de um viscoso esperma na face do pobre animal pra meu enorme alívio e, provável, para a felicidade do escroto que acha que escrever um anúncio de tv que diz: “É melhor pegar do que largar” atrelado a um homem passando a mão no traseiro de uma estranha em via pública seria considerado ótima publicidade. Até mesmo na bosta do estado do Mato Grosso isso seria considerado uma absurdo (pensando bem, acho que não seria não...)

27º – Após isso, pergunto se ele, por acaso, seria o que chamam por aí de “MACONHEEEEIIIIIRO”. Ele, desesperado, atordoado, vencido e perdido, afirma amedrontado que sim.
Deveras contrariado com essa infeliz porém elucidativa informação, volto imediatamente pra posição traseira de sua ótima mãe e dou uma vigorosa cusparada no cuzão da mesma para um segundo ato sexual, só que agora em outro lugar, idêntico ao que o jovem pretenso publicitário tem no lugar do cérebro...

Anônimo disse...

Amiga Debora

Finalmente algo de bom gosto e fino trato na midia!

Bjss

Aline e Lucineide de Sao Paulo

Anônimo disse...

Mostra uma peça sua ai, Querida!!! Esses publicitários frustrados só podem fazer isso mesmo, criticar, não tem talento para criar.

Aliás, lindo esse papel higiêncio no logo do seu site.

Anônimo disse...

Conheci hj o blog e gostaria de dizer duas coisas: uma que o texto me pareceu bem venenoso, alguma feminista que o redigiu? e outra que gostei da propaganda, mesmo tendo esse ar machista é a pura realidade. mulher usa calça apertada pra caraio pra que? é pra mostrar o rabo mesmo uai. to errado?? hehe fala sério gente, vcs fazem publicidade ou participam de um movimento pró-feminismo? bom, acho que gosto é igual cú mesmo, então acho dificil chegar a um entendimento sobre ser ruim ou nao, talvez se as críticas fossem mais técnicas daria mais credibilidade ao texto, da forma como foi escrito so me parece dor de cotovelo.. ou algo parecido..

Anônimo disse...

I found an compelling spark can be set up at [url=http://pisina.com.gr]pisina.com.gr[/url] look like you too....