sexta-feira, 29 de maio de 2009


A mulher acelga ataca nas bancas do Brasil
Sei bem que a raison d'être desse amado e polêmico blog é a propaganda ruim mas excepcionalmente hoje a peça em análise é de natureza ligeiramente diferente. Trata-se da capa de uma revista. Quem, de nós mortais, já não foi levado a folhear uma revista ou livro graças ao magnetizante charme de uma capa plasticamente irresistível? Pois é, em um mundo onde a oferta de publicações nas prateleiras nunca foi tão diversificada e numerosa, o design de capas ganhou nos últimos tempos espetacular importância estratégica. Um bom projeto gráfico tem o poder de motivar a compra da publicação e por isso editoras respeitadas sempre confiam o design de seus produtos à consagrados capistas. A aclamada revista Veja, que já se notabilizou por capas memoráveis como a do impeachment do Presidente Collor que mostrava apenas a palavra "caiu" sobre a foto de ex-presidente cabisbaixo, tem nos brindado com capas inexplicavelmente ruins nos últimos tempos. 
O diretor de arte ou designer responsável pelas capas do mencionado veículo tem um mau gosto infernal. E justamente por atentar contra o meu refinado estômago nas últimas semanas com capas absolutamente horrorosas decidi postar essa última obra de arte. Sim, pasmem, ó leitores, conheçam a inacreditável mulher acelga!!!! Francamente, a loira risonha trajando um vestidinho sexy feito de folhas gigantes de acelga é uma das imagens mais idiotas, escalafobéticas e bizarras que já vi ilustrando uma matéria especial sobre dietas e emagrecimento. Pra piorar ainda mais, a cretina da modelo evoca a célebre pose de Marilyn Monroe com a saia levantada. É um vexame total. Uma revista que teve capas gloriosas não merece passar por isso. Senhores da Editora Abril, contratem um novo capista, já! A se julgar pelas últimas capas a revista deveria passar a se chamar "Não me Veja".  A revista faz parte do patrimônio cultural do brasileiro e merece ter capas mais elaboradas e bem cuidadas. Se enxerguem!!

10 comentários:

Leandro Werneck disse...

Na verdade eu ate vejo um link sobre o txt é a peça, e não achei esse DA ruim não tem uns erros mas ruim...
Tipo as pernas das modelo esta num lugar errado, parece que cortaram ela no meio rs
ficaria melhor com um corte na img a lateral do layout.
Mas a ideia de uma roupa feita com folhas, fica legal sim... dessa vez só não teve um final feliz :)

Giuliano disse...

Gostei da capa, bem humorada, leve e uma obordagem diferente.

Renato disse...

A perna siu pelo baço.

Carol disse...

A idéia não é ruim, a execução é que tem falhas grotescas!

Leandro Werneck disse...

Caro e Renato Sim a ideia é boa mas o layout... muito a desejar!

Ninguém disse...

hahahah! eu achei graça nessa capa.

Marcus Valls disse...

Ok. Aqui vai a minha humilde contribuição para este blog.

http://adsoftheworld.com/media/print/the_orange_apple_eye_boner?size=_original

Abraço =]

Anônimo disse...

Eu tb acho que a Veja tem pecado MUITO de um tempão pra cá. Até a Época que era piorzinha de capa, em feito coisas mais interessantes ( ou não).
Chamem o capista da super interessante. pelo menos mandam bem maioria das vezes. Ah, e é da Abril tb.

cadeorevisor disse...

A capa é compatível com o baixo nível editorial da revista. Nada mais justo.

Abraço,

Pablo
http://cadeorevisor.wordpress.com

Anônimo disse...

Nossa, bem feia a capa mesmo. E a perna esquerda dela parece mt afastada do corpo