terça-feira, 28 de outubro de 2008


O inacreditável bebê capeta!!!

Relatos assombrados sobre o nascimento de crianças peludas são abundantes ao longo de toda a nossa história. Nossos queridos ancestrais que chafurdavam em um charco de ignorância e escuridão intelectual interpretavam o nascimento de crianças hirsutas como um presságio de que o mundo estava prestes a se acabar lambido por labaredas e devastado por desgraças bíblicas. Muitos se apressavam em dizer que o bebê era o resultado direto de um encontro amoroso entre a mãe e o demônio em pessoa. Crendices à parte, hoje a medicina moderna já sabe que alterações endócrinas são as responsáveis pelo nascimento excessivo e desordenado de pêlos no corpo. O que a Ciência e nem a lógica conseguem explicar é esse bebê barbudo que estrela esse anúncio grotesco do Sul do país. A montagem é horrorosa e de um mau gosto de provocar enjôo. Em algum momento do texto lê-se: "Como um jornal pode ser novo e ter 22 anos?". A resposta à essa pergunta traduz-se em uma criança de cavanhaque. Bacana, né? Gente assim que cria uma porcaria dessas só pode ter coisa com o tinhoso. Credo! Sai, capeta! Sai desse anúncio que não te pertence. Deixa a criança em paz!

4 comentários:

Raoni Leão disse...

Pelas barbas do proveta!

Cyn disse...

Eu não queria dizer, não... Mas acho que esse diretor de criação devia colocar as barbas de molho.
Né?

Breno Ribeiro disse...

hahaha

Thêago disse...

BARBARIDADE!