quarta-feira, 16 de julho de 2008


Escândalo!! Arrombado o cofrinho do bom velhinho!

A figura atual do Papai Noel barbudo, bonachão, barrigudo, de bochechas rosadas e metido naquelas bizarras roupas vermelhas saiu da cachola do talentosíssimo ilustrador americano Haddon Sundblom. Corria o ano de 1931 quando a Coca-Cola convidou o artista para ilustrar a sua já tradicional campanha de Natal. Ignorando versões anteriores que retratavam Papai Noel como um elfo peludo de orelhas pontudas e um comprido cachimbo de madeira nos lábios Sundblom, conferiu ao bom velhinho aspecto inequivocamente humano na fisionomia o que provocou imenso sucesso à época. Nos anos seguintes o desenhista teimosamente voltava a desenhar a figura do velhinho do mesmo jeitão e, graças à sua persistência, a imagem do Papai Noel foi se consolidando cada vez mais. Por isso, meus caros visitantes, a imagem consagrada do velhinho é uma invenção genial de um desenhista gringo trabalhando sob os auspícios da Coca-Cola. Se a Propaganda foi responsável pela disseminação e consolidação da imagem do Noel, parece que hoje em dia os publicitários só pensam em desconstruir o mito que forjaram. Nesse anúncio horrendo de final de ano de uma seguradora de Empresas de construção civil, o velhote paga cofrinho ao se abaixar para depositar presentes ao pé de uma árvore de natal. O mais estarrecedor é que o Papi Noel, pelo ângulo da foto e a iluminação do lugar, parece se preparar parar arriar as calças e soltar um barrão no meio da sala. É tudo de um mau gosto chocante, constrangedor, bárbaro. Todos nós, seres crescidos, sabemos que Papai Noel é só uma lenda ingênua feita para encantar os pequeninos. E publicitários sérios e responsáveis? Existem ou são só lenda também?

Um comentário:

allan disse...

CREDO! Customização natalina preconceituosa e depreciativa!!
Então vamos customizar o Papai Noel para o criador do anúncio....hummm que tal um Papai Noel com o chifre de Rena.... só que enfiado no lolo dele !!!!