quarta-feira, 13 de junho de 2007

Anúncios de pasta de dente são historicamente habitats perfeitos para imagens idiotas. Muitos anúncios hospedam famílias felizes exibindo sorrisos cretinos cheios de dentes alvíssimos. Isso pra não citar os anúncios nos quais dentistas bonitões e meio veados nos humilham com seus dentes de uma brancura imaculada, inatingível para a grande maioria da humanidade. Essa sequência de peças de um creme dental ousadamente despreza o repertório de imagens batidas, de gente sorridente e dentistas babacas, mas a solução encontrada incomoda pela idiotice e bizarrice extremas. As ilustrações de línguas usando diversos apetrechos para se protegerem do intenso brilho, que irradia dos dentes, são graficamente instigantes, mas de uma feiúra chocante. Línguas usando óculos escuros e viseiras? Voltem, dentistas cheirosinhos e efeminados! Voltem, famílias com sorrisinhos forçados!!!

11 comentários:

A Criança Malvada que Não Escova os Dentes Antes de Dormir! disse...

Incrível o que a pressão criativa é capaz de gerar? Sim, amigos, para fugir do padrão de sempre, esses publiciotários de merda resolveram "inovar" e saiu pior, muito pior, do que se grasnassem tranquilos no lago da obviedade...Que espécie de filha da puta cria o conceito da LÍNGUA vai ficar ofuscada dentro da boca com o brilho dos dentes que experimentam a tal pasta? Acredito que sejam cérebros atrofiados submetidos desde a mais tenra infância a lixo áudiovisual, muita porrada e, principalmente, a lamber diariamente ácido lisérgico como se fosse Balinha 7 Belo para poder trabalhar em uma agência que aprova escrotidões como essas!

Anônimo disse...

Acho que é preciso ter muito cuidado quando se avalia uma peça. Principalmente se somos da mesma área. Acho que o minímo de critério e ética é necessário para começar uma análise.
Acho genial a idéia do blog, mas se continuar com esse tipo de pessoa comentando vai ficar complicado. Com certeza ele deve ter criado apenas peças do caralho com idéia nunca imaginadas nem pelo maiores criativos do mundo.
A cada dia que passa esta cada vez mais claro, pelo menos pra mim, porque a propaganda brasileira passa por um momento tão obscuro.
Acho que falta pra nós, publicitários, mais critério na hora de abrir a boca ou redigir algumas linhas.
Volto a afirmar que a idéia do blog é do caralho, porém, precisa moderar os posts para não ficar um blog onde publicitários vem descarregar suas frustações em peças "mal criadas".

Anônimo disse...

Pessoal do blog: sugiro entrar na sessão Novo! do Clube de Criação e digitar "super fast" na busca. daí você vêem se vale a pena ou não inserir...

Outra coisa: concordo com o comentário acima... em termos. Achoq eu publicitário precisa disso mesmo, de pancada. Ou você acha mesmo que o consumidor precisa de bolsas de bacon ou privadas de neve? Acho que precisamos nós mesmo, publicitários, lançar um manifesto: PROPAGANDA NÃO É ARTE, NEM DEVE SER. Chorem, esperneiem, publicitários, propaganda não é nada demais.

abraços,

Anônimo disse...

Então não sou o único a não achar a menor graça nesse criança malvada. Ah, criança, acho engraçado vc falar em obviedade, seus comentários só mudam os sinônimos. E olhe lá.

A CRIANÇA MALVADA! disse...

E se eu mandar vc tomar no cu? Ou na bunda? Ou no toba? Ou na tarraqueta? Ou no fusquete? Ou no bozó? Puxa, tenho vários sinônimos para um filha da puta, prego e CAGA REGRA como vc, seu cretino (esse último insulto também uma OBVIEDADE, como podem atestar todos os que, miseravelmente, conviem com vc, seu PREGO!)

Anônimo disse...

Vc não me conhece, querido. Thanks God. Eu tenho amigos melhores do que vc. E a sua enxurrada de "sinônimos" é mais uma prova de q vc não tem argumentos. Apelou perdeu.

João disse...

A peça do óculos não é das piores, a crianças adoram isso. Pena que não é público alvo do produto, por isso não funciona.

João disse...

A peça do óculos não é das piores, as crianças adoram isso. Pena que não é público alvo do produto, por isso não funciona.

A CRIANÇA BOLADA! disse...

"Vc não me conhece, QUERIDO"?.
"Thanks God."?
"Eu tenho amigos melhores do que vc."
"Apelou perdeu."

Ah, foi mal , brother...não sabia que vc era bichinha... foi mal, "QUERIDO"...

Anônimo disse...

huahauahuaha..
Tolinho.

Anônimo disse...

Basta entar num blog comentado por publicitários (?) para experimentar uma regressão instantânea à época em que os homens ainda não dominavam a fala. Isto é a elite ... Me poupem!