quarta-feira, 4 de novembro de 2009



Jesus Cristo é um galinha mesmo

Nunca fui uma menina carola. Fui criada em um lar cristão mas nunca demonstrei o menor entusiasmo para frequentar missas, rezar, comungar, confessar ou ler a bíblia. Até hoje, admito, tenho dificuldades atrozes em aceitar serenamente a existência do Todo Poderoso. Se Deus realmente existe porque aconteceu o Holocausto? Porque nasceram José Sarney, Dado Dolabella e Marcelinho Carioca? Pra mim, estes permanecem mistérios absolutamente insondáveis. Mesmo sendo praticamente uma ateia, não pude deixar de me indignar com o anúncio imundo que analiso hoje. Quem assina esta nojeira é a mundialmente famosa PETA, uma das mais atuantes e radicais organizações de defesa dos direitos dos animais. Uma galinha morta, depenada, meio ensanguentada e iluminada dramaticamente, flutua sobre um fundo escuro em pose idêntica àquela em que Jesus morreu na cruz. O texto diz que: antes de morrer a ave foi golpeada, humilhada, queimada, maltratada e agonizou por horas. Nós podemos mudar a história se reagirmos a tempo. Pense antes de comer galinha. É até legítimo pedir às pessoas que não comam galinha sob a alegação de que a ave foi abatida de forma excessivamente violenta. Mas violência desmedida mesmo é comparar o tratamento recebido pela ave com o "pau" espetacular que Jesus tomou. É claramente um senhor exagero. De acordo com o livro sagrado cristão, o Nazareno foi selvagemente espancado, torturado e por fim crucificado no Gólgota pelos romanos. Afora as penosas caipiras que morrem tendo o pescoço torcido manualmente, as galinhas que seguem pro matadouro morrem elegantemente, à la Maria Antonieta, pelo fio de uma guilhotina. Rápida e assepticamente. Não há registro de galinhas sendo surradas, xingadas, humilhadas, queimadas, crucificadas e largadas pra agonizar por horas em matadouros. Além de estúpido isso seria um bocado contraproducente. Olha, gente, o que desespera estas organizações que pregam o não consumo de carne é o fato de que nós, humanos, descendemos de primatas carnívoros, amamos muito proteína animal e não estamos dispostos a trocar um belo bife por uma cuia de linhaça ou uma bandeja de endívias. Cada um na sua, gente. Quem sente peninha de vaca ou frango que coma folhas e faça sua fotossíntese. O resto que não tem problemas éticos e filosóficos com carne que continue fazendo seu churrasquinho.

19 comentários:

a revisora disse...

estúpido e grosseiro (além de feio). ao contrário das análises da Débora, cada vez mais mordazes e inteligentes ;)

A CRIANÇA MALVADA!!! disse...

COMPARAR JESUS CRISTO COM UMA GALINHA??? PUTA QUE PARIU MINHA SOGRA!!! POR FAVOR, QUEM FOI ESSE JUMENTO FILHA DA PUTA ACÉFALO QUE CAGOU ESSE ANÚNCIO DE MERDA INACEITÁVEL? POR FAVOR, ALGUÉM PODE ME DAR O NOME DESSE CHUPADOR DE RÔLA DE TAXISTA QUE EU VOU LÁ EMBAIXO DA PONTE ONDE ESSE LIXO INUMANO RASTEJA PRA ENFIAR MEU BRAÇO INTEIRO NO CU DESSE INFELIZ PRA FAZER ELE LATIR QUE NEM UM BONECO DE VENTRÍLOCO A SEGUINTE FRASE UMAS 470 VEZES POR HORA: "SOU UM FILHA DA PUTA! SOU UM FILHA DA PUTA! SOU UM FILHA DA PUTA!SOU UM FILHA DA PUTA! SOU UM FILHA DA PUTA!SOU UM FILHA DA PUTA! DEVIA TER SIDO VERDUREIRO, MAS NÃO TIVE MÃE E INVENTEI DE SER O PUBLICITÁRIO MAIS MEDÍOCRE DO PLANETA! VOU COMPARAR JESUS CRISTO COM UMA GALINHA PRA HOMENAGEAR MINHA FILHA, AQUELA PIRANHA!!! SOU UM FILHA DA PUTA! SOU UM FILHA DA PUTA! SOU UM FILHA DA PUTA!"

Georgia disse...

Esse anúncio muito me lembra as últimas bienais do mercosul. Jovens artistas que para ter seu nome citado estão chocando cada vez mais. É quando o espanto supera o talento. É muito mais fácil por um cachorro morrendo de fome e sede atado numa coleira e se dizer artista do que fazer uma obra que tenha real valor.(quem não conhece essa história procurem no google).Honestamente, uma galinha é só uma galinha. E ela assadinha, refogada, no espeto ou no risoto, é uma delícia, e não comê-la é que é uma blasfêmia.
Anúncio podre, o Peta devia ir pentear macacos e não torrar a paciência.

Sonia disse...

Uippp...!!!Adoreiii...!!!
Gosto de gente que fala o que quer e dôa a quem doer!!!
Ameiiiiiiiii...!!!
Já estou te seguindo e espero a sua visitinha no meu blog e leia "Me engana que eu gosto"!
Bjsss...milll

Raquel Dias disse...

Oi, Débora!
Parabéns pelo blog!

Essa aberração foi realmente veiculada? Inacreditável!...
Apelativo demaaaaaais!

Fala Mãe! disse...

Oi Débora, obrigada pela visita! Acho legal vc fazer a almofada pro seu gato sim, reciclar é uma delícia, depois me mostra. Gostei do seu blog. beijos
Cynthia

Chéri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Chéri disse...

Oi, Débora.

Passando pra agradecer a visita e também pra dizer que já conhecia o Não Fui Eu. Aliás, já tem um tempo que passo por aqui, e até tenho colecionado umas pérolas da publicidade francesa (que é de um mau gosto e uma falta de criatividade terríveis!) para em breve enviar a vocês.

Ah, coloquei um link lá no Chéri.

Naja Najito disse...

Débora,

É engraçado ver esse anúnico exatamente nunca época em que estou me tornando vegetariano. Tenho lá meus motivos para estar parando de tomar carne, mas, realmente, acho ignorância começar a recriminar as pessoas que continuam fazendo isso. Como você diz: é cada um na sua. Poxa, e o anúncio de fato foi muito longe ao comparar a morte da galinha à de Jesus Cristo. Neste ponto, concordo com o comentário da Geórgia, que diz que esses novos publicitário estão com uma mania de querer chocar. Mas a comparação acaba sendo meio ridícula e não prestando ao intuito que foi elaborada, que é convencer as pessoas a parar de comer carne.

abç

André Carvalho disse...

Peta, VAI TOMAR NO CU!!!!!!!!!!!!

Dorian disse...

Cara Debora,

só hoje consegui responder seu comentário no meu blog. Que bom que vc gostou, também li seu blog e por acaso também sou publicitária e achei bem interessante. Vou acompanhar sempre também.
Grande beijo,
Dorian
www.tragicomediasromanticas.blogspot.com

βruиӨ!ChapӨ! disse...

IUASdiuADHuiSAd

Gostei do seu blog...

Estou te add nos meus seguidores ^^


me siga depois ^^

bjos

cadeorevisor disse...

Vegetarianos militantes são sempre tão ridículos!
Enquanto isso, as plantações de soja são as maiores responsáveis pela destruição da Amazônia, do Cerrado, do Pantanal. Lamentável.

Abraço,

Pablo
http://cadeorevisor.wordpress.com

A Luz... disse...

Toda vez que eu entro nesse blog, eu tenho vontade de dormir com Débora Blog num canavial escocês.

Raimundo disse...

blog de merda!!! falta do que fazer tanto dessa blogueira quanto dessa agência... estúpidos.

CAL disse...

Olha, a PETA exagerou (no ponto de vista cristão foi grosseiro sim). Mas infelizmente não podemos negar que usamos os animais, e não nos preocupamos se eles sofrem ou não. Eu também como galinha, frango, boi, peixe, porque gosto de carne e por enquanto não sei viver sem. Se houvesse uma forma de criar carne sintética (igual à natural) sem ter que matar bichos, eu seria o primeiro a adotar essa dieta (obs.: carne falsa, como a de soja, não vale porque não é igual a carne de verdade).

Anônimo disse...

Não brinque com Jesus Cristo pois um dia vc pestará contas com ele.
e esta galinha não tem nada que compare com ele pois ele vive e não está no madeiro agora eu pesso misericordia para quem postou isso
Viva a Jusus Cristo o nosso libertador.

Anônimo disse...

OI, parabéns pela garimpagem e escracho, estilo em falta nessa era da corretice.

Sobre o frango crucificado, um anúncio tosqueira, claro. Mas, só pra alimentar (uêpa!) a conversa, registro que a morte da frangaiada, não é nada cirúrgica como você sustenta.

As (de)penosas ficam, sim, escaldadas e se debatendo presas de cabeça pra baixo por uma perna só, em ganchos giratórios de linha de produção, são dessangradas ainda meio vivas etc.

Se fosse um filme você se chocaria (ôpa!) de horror. Nesse sentido de tradução do real, portanto, o bicho na cruz é até uma uma estilização, uma 'elegância' metafórica, por assim dizer.

Valeu e qq apareco de (n)ovo... :º

Comentarista Abalizado disse...

As minorias são notórias pelo ódio e o rancor que trazem em seus corações.

Por isso essa PETA se sente no direito de criar uma imagem dessas...

Merecem levar um pau!

Pobre dos animais, ao serem defendidos por esses animais.