segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Os publicitários continuam teimando em tratar as mulheres como perfeitas idiotas e esse anúncio lamentável para o lançamento da Nhá Benta especial com recheio de chocolate é uma prova cabal disso. Para disfarçar a absoluta inexistência de boas idéias a agência torrou toda a verba de produção do cliente nos cachês dos dois atores globais com fama de gostosões: o Edson Celulari e o Fábio Assunção. Os dois protagonizam lamentáveis anúncios que os comparam grosseiramente à delícias comestíveis assim como os chocolates Kopenhagen. Duvido que consumidoras mais inteligentes tenham se sensibilizado com tamanha babaquice. "Hello! Publicitários! Tenham mais respeito por nós consumidoras e não nos subestimem desse modo. Acham que é só colocar um atorzinho gostoso que vamos correndo pra loja comprar qualquer merda anunciada? Hello!!". O cliente e a deliciosa e tradicional Nhá Benta merecem uma Comunicação à altura de sua qualidade e história.

3 comentários:

thais e paula disse...

se nós mordermos o pintinho do Daniel sai calda branca, q nem da nhá benta? êbaaaaa

Carlinho Elói disse...

Você não entendeu Débora. Esse não é o Fábio Assunçao, é o Rei do Gado vendendo sua fazenda de cacau.
E a cara de feliz do Edson celulari é pelo que ele comeu na noite anterior.

A CRIANÇA COPENHAGADA! disse...

Fábio Assuntão: - "Aí, Celula, esse troço branco aqui dentro dessa parada é pó pra eu cheirar? Se for, tô dentro, tô dentraço, uhuuu! Traz o espelhinho aí, maluco!"

Edson Celular: - "Bem, acho que não,meu caro Fábio. Parece (não sei bem...), mas diria que deva ser um chocolate. Não sei...pode ser, não estou querendo afirmar nada, ok?"

Fábio Assuntão: - "Chocolate! Uhu! então vamo fumá, bróder!!!

Edson Celular: - "Desculpe, Fábio, meu querido, mas devo dizer que não é pó mesmo. Se fosse, os publicitários de merda que bolaram esse anúncio infantilóide aqui já teriam cheiraram tudo. Vc sabe muito bem como esse publicitários são, né?"

Fábio Assuntão: - "Que foda, bróder! E eu que só aceitei fazer uma propaganda estúpida como essa porque achei que ia meter o nariz na farinha! Que merda, meu camarada! Vou ligar pro Antony pra gente comprar uma maconha com cheque!"